Início >> Evolução e tecnologia marcam os 127 anos de circulação do Diário Oficial do Estado

Evolução e tecnologia marcam os 127 anos de circulação do Diário Oficial do Estado

Uma trajetória evolutiva e tecnológica marca o aniversário de 127 anos do Diário Oficial do Estado (DOE), completados nesta segunda-feira, 11. A primeira edição circulou no final do século XIX, mais precisamente no dia 11 de junho de 1891. Desde lá, o matutino que divulga os atos dos governadores do estado do Pará e dos demais órgãos públicos e privados vem passando por transformações no processo de edição. Hoje, o jornal pode também ser acessado pelas plataformas digitais e dispositivos móveis.

A edição da capa também sofreu mudanças ao longo desses mais de 100 anos de existência. Na edição do dia 11 de junho de 1929, por exemplo, o jornal trazia estampadas fotos de autoridades da época, como o governador Lauro Sodré, entre outras figuras ilustres do período.

A transformação da Imprensa Oficial do Estado em autarquia foi publicada na edição de 1972, no governo de Fernando Guilhon, também com foto na capa do jornal. A última edição com as páginas produzidas manualmente circulou no dia 1º de julho de 1997.

A partir daí, o jornal passou a ser impresso eletronicamente. Foi o primeiro passo rumo à modernização do processo de edição e impressão do DOE. “Hoje vemos que a linha editorial tem como princípio dar destaque aos atos públicos, com vistas a cumprir a missão institucional da Imprensa, que é dar visibilidade e maior credibilidade a esses documentos”, informa a diretora de Documentação da Imprensa Oficial do Estado (IOE), responsável pela edição do DOE, Carmen Palheta.

O presidente da instituição, Cláudio Rocha, acrescenta que a tecnologia tem colaborado para ampliar o acesso às informações publicadas pelo Diário Oficial, reafirmando-o como “um instrumento a serviço da cidadania e da transparência dos atos públicos”.

Por Ronaldo Quadros
IOEPA

Data: 11/6/2018