Governo do Estado quer transformar área do Aeroclube em novo equipamento de urbanização

O governo do Pará recebeu, na noite desta quarta-feira (24), em Brasília (DF), a sinalização positiva do Ministério da Infraestrutura para a cessão da área onde hoje funciona o Aeroclube do Pará, no bairro da Sacramenta, em Belém. O governador do Estado, Helder Barbalho, e o vice, Lúcio Vale, reuniram-se com o ministro Tarcísio Gomes, na capital federal, e apresentaram o pleito. A ideia do Executivo estadual é que o espaço, com mais de 900 mil metros quadrados, seja incorporado à urbanização de Belém, por meio de um projeto a ser discutido com a sociedade paraense.

De acordo com o governador, o Estado se comprometeu a viabilizar a transferência das atividades aeroportuárias, hoje realizadas no Aeroclube, para o Aeroporto Internacional de Val-de-Cans, de modo que aquela área, localizada no meio da cidade de Belém, possa ser utilizada para um outro fim, um projeto que envolva urbanismo, cultura, lazer e que atraia a comunidade. "A nossa ideia, inclusive, é abrir uma consulta pública para apresentação de projetos variados e que a própria sociedade escolha o que vai ser feito ali. Sem dúvida, é um espaço grande e que pode agregar muito à urbanização da nossa capital", explicou.

A cessão da área do Aeroclube ao governo do Estado é um tema que vem pontuando discussões junto ao governo federal há algum tempo. Personalidades como o conselheiro Nelson Chaves, decano do Tribunal de Contas do Estado (TCE), têm defendido a proposta de construir, no local, uma área pública, como uma praça ou um parque.

Basílica - Em seu último compromisso em Brasília, o governador Helder Barbalho ainda assegurou a aprovação da cessão da área localizada ao lado da Basílica de Nazaré, que já foi do comando do Exército. O espaço será utilizado na exploração do turismo religioso, finalizando um acordo que iniciou em 2017. A decisão aconteceu durante reunião com o secretário especial de Desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar e com o diretor adjunto da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), Mauro Benedito de Santana Filho, 

Outros assuntos de interesse da União estiveram em pauta, em Brasília. 

 

Por Elck Oliveira (SECOM)

Foto: Jailson Sam/ Divulgação