Nova parceria facilita inscrições para o Ensino a Distância da Escola de Governança

As inscrições para os novos cursos na modalidade de Ensino à Distância da Escola de Governança Pública do Pará (EGPA) já estão abertas. Neste mês, os cursos contam com um diferencial: os alunos efetivarão sua inscrição e já estarão aptos para iniciar o curso automaticamente, através da plataforma digital da EaD EGPA.

Essa nova possibilidade é graças à uma parceria realizada entre a instituição e a Escola Virtual de Governo (EVG), da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), que capacita os servidores nacionalmente, trazendo a tecnologia para a Escola de Governança.

“Com a adesão do termo de cooperação técnica da Escola de Governança do Pará e a Escola Virtual de Governo, que é gerenciada pela Enap, nós iniciamos uma nova fase, passamos a ter uma grade com mais de mais de 100 cursos a nossa disposição. Iniciamos agora com 17, com o diferencial de que logo após a matrícula o servidor já inicia o curso”, explicou Reinan Abreu, assessor de Educação a Distância da EGPA.

A diretora geral da EGPA, Evanilza Marinho, explica que a Escola de Governança procura investir cada vez mais nos cursos à distância, principalmente pela facilidade em atingir o interior do Pará. “Os cursos em EaD facilitam a criação de oportunidades para o servidor. Considerando a questão geográfica do nosso Estado e as questões de deslocamento, vemos muitas dificuldades, por isso, procuramos atender a demanda do Estado com os cursos em EaD para os servidores da rede pública”, disse. “Com a diversidade de cursos oferecidos esperamos ampliar o campo de atuação da Escola e poder, de fato, estar presente nos 144 municípios”, finalizou.

Além disso, a partir da parceria com a Enap a Escola de Governança consegue atender um número ainda maior de estudantes com o Ensino a Distância, uma vez que não limita as inscrições para servidores públicos. “Os cursos da Enap são abertos para qualquer cidadão, então com essa oportunidade a Escola abriu um leque que abrange não apenas servidores, mas também a sociedade em geral, atendendo a demanda de qualificação”, destacou Reinan.

Os 17 cursos que estão sendo ofertados pela modalidade são: Acesso à informação e ouvidorias do ministério público; Gestão de riscos no setor público; Controles institucional e social dos gastos públicos; Gestão e fiscalização de contratos administrativos; Educação fiscal - orçamento e coesão social; Siconv para convenentes 1 - visão geral; Siconv para convenentes 2 - proponentes e usuários; Siconv para convenentes 3 - proposta e plano de trabalho; Siconv para convenentes 4 - execução; Siconv para convenentes 5 - prestação de contas; Noções gerais de direitos autorais; Desenho de cursos: introdução ao modelo addie; Noções básicas para coordenar cursos on-line; Criatividade e novas tecnologias no serviço público; Gestão pessoal - base da liderança; Ética e serviço público; Gestão estratégica de pessoas e planos de carreira.

Os interessados podem se inscrever nos cursos ofertados até o dia 22 de setembro.

Por Ascom/EGPA