Pará está representado em premiação nacional

A Recode, ONG voltada ao empoderamento digital e transformação social, premiou 10 bibliotecas públicas brasileiras, entre as quais quatro paraenses, pelo trabalho desenvolvido nas comunidades onde estão instaladas. A Biblioteca Municipal Wilson Marques, em Tomé-Açu, foi a primeira colocada.

Concorreram nessa premiação 48 bibliotecas públicas que participaram do programa “Conecta Biblioteca”, uma realização da Recode e da organização norte-americana Caravan Studios. O programa é focado no estímulo à transformação social por meio de bibliotecas públicas, promovendo apoio e formação a uma rede de profissionais que atuam nestes espaços.

No total, quatro bibliotecas paraenses foram contempladas pelo edital, conquistando o primeiro, quinto, sétimo e décimo lugar. “Apesar de serem bibliotecas municipais, o apoio para a construção desses projetos veio do Sistema Nacional de Bibliotecas, via Fundação Cultural do Pará (FCP). Sempre que um edital é publicado, seja nacional ou internacional, o nosso papel é receber essa informação e nos colocar à disposição para auxiliar na elaboração de projetos e assistência técnica, pois no interior do estado normalmente há carência de profissionais qualificados para elaborar o projeto”, explica Giselle Arouck, diretora do Departamento de Leitura e Informação da FCP.

O projeto que ficou em primeiro lugar foi o da Biblioteca Municipal Wilson Marques, de Tomé-Açu, que completou recentemente 40 anos de existência. O espaço criou uma programação chamada “Projeto Biblioagrorural”, em parceria com a prefeitura do município, Secretaria de Agricultura e Secretaria de Cultura, além da equipe da biblioteca.

“Foi feita uma pesquisa com a comunidade e diversas pessoas sugeriram o tema pequeno agricultor. Sendo assim, em parceria com um engenheiro agrônomo, Paulo Scaramussa, e uma técnica agrícola, Andreia Oliveira, foi organizado um ciclo de palestras sobre a agricultura sustentável em duas comunidades do município, e também levamos os participantes para conhecer a nossa biblioteca e disponibilizar para eles cursos de informática, integrando os conhecimentos”, comenta Elanir Fernandes, técnica responsável pelo espaço e autora do projeto.

O primeiro lugar na premiação, anunciada no dia 26 de outubro, receberá uma viagem à Colômbia para imersão em experiências bem-sucedidas de bibliotecas públicas e os demais colocados ganham equipamentos tecnológicos para seus espaços.

Por Helena Saria
FCP

Foto: Mácio Ferreira/Agência Pará
Data: 2/11/2018