Unacon de Tucuruí alcança excelência no atendimento

Após seis meses de tratamento contra o câncer de mama, Francisca Elisangela Alves de Lima, de 38 anos, realizou na semana passada a última sessão de quimioterapia. Satisfeita com o resultado do atendimento recebido pela equipe multiprofissional da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia Dr. Vitor Moutinho (Unacon), em Tucuruí, a partir de agora, ela passará por exames para  iniciar a próxima etapa do tratamento e com excelentes expectativas.

Com pouco mais pouco dois anos de funcionamento, a Unacon celebra 99% de índice de satisfação dos usuários. Desde que iniciou os atendimentos, em abril de 2016, a unidade, em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), vem buscando melhorias constantes para que os usuários recebam um tratamento de qualidade, seguro, eficiente e humanizado contra o câncer.

“Eu agradeço a toda família Unacon, onde eu cheguei com muito medo, porque o câncer assusta e, aqui, eu encontrei pessoas maravilhosas, que cuidaram de mim com muito carinho, responsabilidade e que me deram muita força. Isso fez toda a diferença no meu tratamento. Eu ainda vou passar por outras etapas, mas acredito que já venci as mais difíceis: o medo e a quimioterapia. Estou preparada para enfrentar as demais. Eu não estou sozinha, tenho Deus, minha família e toda a equipe Unacon comigo”, disse a paciente.

No período de implantação da Unacon, de abril de 2016 até outubro de 2018, a equipe transformou dados estatísticos em esperança de vida com a realização de 20.107 exames, 5.079 atendimentos médicos, 2.460 consultas com enfermeiros, 2.048 procedimentos de quimioterapia,  848 procedimentos de Enfermagem, 542 atendimentos em Psicologia, 6.139 no Serviço Social, 894 atividades de fisioterapia, 492 atendimentos na Nutrição, Psicologia com 542 entre outras ações; 1.096 pacientes passaram por tratamento de câncer. O de próstata lidera com 450 casos, seguido de mama com 324 e depois, o colo de útero com 76, entre os mais comuns.

Paralelamente aos atendimentos, foram desenvolvidas ações de educação em saúde à população, usuários e profissionais da saúde sobre prevenção e tratamento do câncer para alertar sobre a importância do diagnóstico precoce e, especialmente, as vantagens de tratar da doença na sua região, próximo de familiares e amigos.

O diretor executivo da Instituição, o administrador Thiarle Dassi ressalta a  importância das parcerias. "A aproximação da população com a unidade é fundamental, para que possam conhecer os serviços oferecidos, saber mais sobre a doença para prevenir. E, se for necessário o tratamento, será bem atendido pelos profissionais da Unacon, e com o tratamento 100% gratuito”, assegurou.

Investimentos - Até janeiro de 2019, a assistência no tratamento de câncer na Unidade será complementada com a oferta do atendimento em radioterapia de acordo com às Normas Técnicas da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), que proporcionará mais segurança e qualidade, nesta modalidade de tratamento oncológico, beneficiando diretamente os seus usuários.

Desde sua inauguração, a unidade vem ampliando os atendimentos, gradativamente, para uma população estimada em 1,8 milhão de habitantes, que passou a dispor de consultas especializadas em oncologia clínica e cirúrgica, em julho de 2016, a unidade passou a ofertar  o serviço de Quimioterapia, entre outros serviços como realização de biópsias, endoscopia, colonoscopia, retossigmoidoscopia, laboratório de análises clínicas e radio oncologia, psicologia, nutricionista e fisioterapia, que foram estruturados nos meses seguintes.  Com os serviços, os usuários permaneçam na região, junto de suas famílias, além de reduzir o deslocamento para Belém ou outros centros de oncologia.

A biópsia passou a ser oferecida desde outubro de 2018. Outra novidade é a oferta do Serviço de Cuidados Paliativos que envolverá familiares e/ou cuidadores.

Serviço: A Unacon Tucuruí funciona em frente ao Hospital Regional, na Vila Permanente. Mais informações pelos fones: (94) 3778.4928/4599.

Por Vera Rojas
UNACON

Data: 2/11/2018